Vamos parar o Brasil: diversas categorias avançam preparativos para o dia 10/11

Sex, 03 de Novembro de 2017 12:49 CarolPombo
Imprimir PDF
Nesta segunda-feira (30), o Movimento Brasil Metalúrgico, formado por sindicatos de metalúrgicos de todo o país, realizou uma reunião para discutir a reta final de preparação do dia nacional de greves, paralisações e protestos em defesa dos direitos em 10/11.

A orientação nesta reta final é intensificar as atividades de divulgação e chamado à mobilização nas fábricas, locais de trabalho em geral e de grande concentração e circulação de pessoas, como terminais de ônibus, estações de trem e metrô.

Nas fábricas metalúrgicas, os dirigentes se comprometeram a trabalhar para fazer um forte movimento, com greves e manifestações em todas as cidades. A categoria tem sido palco de fortes lutas pelo país, onde os trabalhadores com mobilização estão conseguindo barrar a implantação da Reforma Trabalhista nas campanhas salariais.

A realização de plenárias unificadas nos estados e a adesão de outras categorias também foram parte dos informes.

O Sindicato dos Eletricitários de São Paulo, com representante na reunião, informou que foi fechado acordo com todas as organizações do setor elétrico em nível nacional, de todas as centrais sindicais, para uma greve nacional do setor em 10 de novembro.

No Ceará já foi realizada plenária de entidades, com todas as centrais, e foi organizado um plano unitário para o protesto de 10 de novembro, visando a paralisação de empresas na parte da manhã e manifestação unitária em Fortaleza à tarde.

Os servidores públicos, que também têm protagonizado importantes lutas por todo o país, também estão aderindo à data. A Fasubra (Federação de Sindicatos dos Trabalhadores em Universidades Brasileiras), o Fonasefe (Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais) e a Fenasps (Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social) aprovaram paralisação nacional em 10 de novembro.

A diretoria da Fenametro também aprovou por unanimidade chamar os sindicatos do setor a discutirem com suas categorias para parar neste dia. Nesta terça (31) acontece a plenária unificada de entidades, com todas as centrais, em Salvador (BA), para organizar a mobilização no dia 10.

Segundo o integrante da Secretaria Executiva Nacional da CSP-Conlutas, Luiz Carlos Prates, o Mancha, tudo indica que o dia 10 poderá ser mais um forte de luta em todo o país e impulsionar a construção de um novo dia de Greve Geral.

“Os informes sobre as mobilizações nas categorias, inclusive de outros setores como os servidores públicos, revelam que os trabalhadores estão em luta contra os ataques patrões, do governo e desse Congresso de corruptos. O dia 10 pode nos possibilitar unificar essas lutas e fortalecer a mobilização, rumo a uma nova Greve Geral”, disse.

“Na reunião aprovamos também conversar com todas as centrais sindicais, nacionalmente e nos estados e regiões, para que todos se somem de fato ao processo de mobilização, garantindo as plenárias e reuniões para preparar o dia 10 de novembro”, disse Mancha.

“Se o governo Temer e este Congresso corrupto insistirem em acabar com nossa aposentadoria e marcarem data de votação para a Reforma da Previdência, exigimos que as centrais convoquem Greve Geral para este dia”, concluiu o dirigente.

Clique aqui e confira os materiais de divulgação da CSP-Conlutas

Fonte: CSP-Conlutas

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Agenda SINASEFE

Sem Eventos Cadastrados

banner sindicalize se

Receba em seu e-mail Boletins e atualizações de nosso site.

tabela docentes

tabelatae1617

tabelaauxilios

CapaJC 06 17

SINASEFE – SEÇÃO SINDICAL DO IFPA E ETRB

Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica. 
CGC: 03658820/0034-21 Filiado à CEA

Trav. Timbó, nº 2718 - Marco-CEP:66.093-340-Belém-PA
Fones: (91) 3246-1726 / 3266-3033
E-mail:  sinasefepa@gmail.com
 

 twitterfacebookyoutube


CompanySites.com.br